6º Prêmio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura PDF Imprimir
Na sessão solene de abertura da 13ª Jornada Nacional de Literatura, realizada em 26 de outubro, às 19h30min, no Circo da Cultura, em Passo Fundo/RS, foi anunciado o vencedor do 6º Prêmio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura, Cristovão Tezza, por sua obra O filho eterno (Editora Record).

A premiação firma-se como uma parceria bem-sucedida entre o poder público e a iniciativa privada no âmbito da promoção da cultura. Instituído pela Prefeitura Municipal de Passo Fundo por meio da lei nº 3.366, de 28 de agosto de 1998, o prêmio tem entre seus objetivos homenagear os melhores romancistas contemporâneos de língua portuguesa, além de estimular a leitura de suas obras e o debate crítico sobre as mesmas.

Com dotação de R$ 100 mil, o 6º Prêmio Passo Fundo Zaffari & Bourbon de Literatura recompensou o autor do melhor romance escrito em língua portuguesa publicado entre junho de 2007 e maio de 2009. A premiação é um desdobramento das Jornadas Literárias, sendo um dos maiores do país entre os prêmios da última geração. A 5ª edição do prêmio teve a participação de escritores de 17 estados, além de países como Inglaterra, Moçambique, Portugal e Tailândia. O vencedor da edição de 2007 foi o moçambicano Mia Couto, com a obra O outro pé da sereia.

Outros vencedores:

4ª edição - 2005- Chico Buarque de Hollanda, com o romance Budapeste
3ª edição - 2003 - Plínio Cabral, com o livro O riso da agonia
2ª edição - 2001 - prêmio dividido entre os escritores Antônio Torres (Meu querido canibal) e Salim Miguel (Nur na escuridão)
1ª edição - 1999 - Sinval Medina, com a obra Tratado da altura das estrelas