Cristovão Tezza PDF Imprimir
Autores
CRISTOVAO_TEZZA

Cristovão Tezza (Lages-SC – 1952)

Já fez teatro, foi da Marinha, trabalhou na Europa e foi relojoeiro. Em 1988, publicou Trapo, livro que tornou seu nome conhecido nacionalmente. Nos dez anos seguintes, publicou os romances Aventuras provisórias (Prêmio Petrobrás de Literatura), Juliano pavollini, A suavidade do vento, O fantasma da infância e Uma noite em Curitiba. Em 1998, seu romance Breve espaço entre cor e sombra foi contemplado com o Prêmio Machado de Assis da Biblioteca Nacional (melhor romance do ano). O fotógrafo, publicado em 2004, conquistou no ano seguinte o Prêmio da Academia Brasileira de Letras de melhor romance do ano e o Prêmio Bravo! de melhor obra. Também na área acadêmica, Cristovão Tezza escreveu dois livros didáticos em parceria com o linguista Carlos Alberto Faraco (Prática de texto e Oficina de texto), e nos últimos anos tem publicado resenhas e textos críticos na revista Veja e nos jornais Folha de S.Paulo e O Estado de São Paulo . Seu romance O filho eterno venceu o 6º. Prêmio Passo Fundo Zaffari & Bourbon, que se juntará aos outros cinco prêmios já conquistados com a mesma obra: Bravo!, Jabuti, Portugal-Telecom e São Paulo de Literatura. O filho eterno foi lançado na Itália, em Portugal e já tem edições contratadas na França, Espanha (em espanhol e catalão), Holanda, Austrália e Nova Zelândia. É Doutor em Literatura Brasileira e professor de Linguística na Universidade Federal do Paraná.